Gestão social e ambiental: um estudo das redes cognitivas de dois eventos científicos

Número: 
3571
Código do trabalho: 
T13_0600_3571
Resumo: 
A partir da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada de 3 a 14 de junho de 1992, no Rio de Janeiro, a produção bibliográfica, em várias áreas do conhecimento, vem crescendo abordando a temática social e ambiental. Assim, a presente pesquisa pretende contribuir com a demonstração do estado da arte da temática gestão socioambiental. Nesse contexto, o objetivo geral deste trabalho é analisar a produção cientifica sobre Gestão Socioambiental do Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia - SEGeT e dos Seminários em Administração - SemeAd, ocorridos em 2010. Trata-se de pesquisa descritiva, bibliográfica e com abordagem quantitativa. Os resultados da pesquisa mostram que de total de 90 trabalhos publicados nos dois eventos em 2010, sendo 60% (n=54) publicados no SEGeT e 40 % (n=36) no SemeAd. Quanto às autorias, obteve-se prevalência do gênero feminino (52,51%). Em relação à rede de produção, constatou-se a prevalência de parcerias de três autores. A rede que apresentou maior concentração de autores foi a do SEGeT.
Abstract: 
From the United Nations Conference on Environment and Development, held from 3 to 14 June 1992, in Rio de Janeiro, the bibliographic production in various areas, addressing growing environmental and social issues. Thus, this paper aims to contribute to the demonstration of the state of the art environmental management theme. In this context, the aim of this paper is to analyze the scientific production on Environmental Management Symposium for Excellence in Management and Technology - Seget and Seminar in Business Administration - SemeAd, occurred in 2010. It is descriptive, literature and quantitative approach. The research results show that the total of 90 papers published in both events in 2010, 60% (n = 54) published in Seget and 40% (n = 36) in SemeAd. Regarding authorship, obtained prevalence of females (52.51%). Regarding the production network, we found the prevalence of partnerships of three authors. The network with the highest concentration of the authors was Seget.