AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA O MERCADO DE TRABALHO MINEIRO: UM ESTUDO À LUZ DO MODELO DE REGRESSÃO MÚLTIPLO PARA O PERÍODO 1995-2010

Número: 
3424
Código do trabalho: 
T13_0598_3424
Resumo: 
Estima-se o impacto de algumas variáveis (local, setor da atividade econômica, número de estabelecimentos e número de mpes) na geração de empregos nas 10 maiores economias da região sul/sudoeste do estado de minas gerais, para o período de 1995-2010. Tal período se justifica pelas profundas transformações ao longo da década de 1990 a partir da adoção das políticas macroeconômicas voltadas para a inserção do país no capitalismo global. Para isso, faz-se uso da análise de regressão múltipla baseada no método dos mínimos quadrados ordinários (mqo) para estimação dos parâmetros, tendo como variável dependente o total de trabalhadores. Os resultados mostram que a variável estabelecimento é estatisticamente significantes ao nível de 5%. Ademais, verificou-se que o local, juntamente com o setor foram os fatores com menor contribuição para o aumento no número dos vínculos empregatícios, durante o período 1995- 2010. O coeficiente do índice da variável mpes indicou que este fator impactou positivamente no estoque de empregos das cidades objeto de estudo, conforme hipótese levantada. Nesse sentido quanto maior o número de pequenos negócios maior será o número de empregos gerados nessas economias.
Abstract: 
Estimated the impact of some variables (location, sector of economic activity, number of establishments and number of meps) in the generation of jobs in the 10 largest economies of the south / southwest of the state of minas gerais, for the period 1995-2010. This period is justified by the profound changes throughout the 1990s with the adoption of macroeconomic policies aimed at the country´s insertion into global capitalism. For this, use is made of multiple regression analysis based on the method of ordinary least squares (ols) to estimate the parameters, the dependent variable was the total workforce. The results show that the setting variable is statistically significant at 5%. Furthermore, it was found that the location, along with the factors were sector with the smallest contribution to the increased number of work contracts during the period 1995-2010. The coefficient of the variable index mses indicated that this factor positively affected the number of jobs in the cities object of study, as hypothesized. In this sense the greater the number of small businesses greater the number of jobs created in these economies.