REFLEXÕES SOBRE AS ORGANIZAÇÕES E OS PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO: METODOLOGIAS E PARTICULARIDADES

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_M_049
Resumo: 
O contexto atual de contínua redução de fundos para o financiamento de projetos de desenvolvimento (sociais, meio-ambiente, entre outros) faz com que as organizações necessitem buscar novas formas de captação de recursos, muitas vezes ampliando ou diversificando seu mandato de forma tal que sua identidade chega a ser diluída. Por outro lado, o mercado exige uma gestão cada vez mais eficiente e eficaz e as metodologias tradicionais não oferecem o controle necessário para a otimização contínua de recursos, qualidade e de processos, levando-as a buscarem outras metodologias ou padrões como o PMBOK (PMI), PRINCE2, entre outros. O artigo ressalta que metodologias disponíveis devem ser capazes de respeitar as particularidades do mandato destas organizações, para que além da entrega dos produtos e serviços, suas intervenções sejam capazes de gerar o impacto esperado pelos financiadores, fechando o círculo dos projetos de desenvolvimento. O artigo descreve ainda a aplicação de uma ferramenta de avaliação a uma organização existente, comenta os resultados obtidos e ilustra as possibilidades disponíveis para tais organizações, como a gestão de programa e de portfólio, eficazes na gestão dos benefícios e que esperamos, sejam capazes de contribuir para a sustentabilidade desejada.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016