O PERFIL DO TRABALHADOR DO BRASIL EM RELAÇÃO AO AUXÍLIO DOENÇA DO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL NO ANO DE 2014

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_219
Resumo: 
A Previdência Social é um direito garantido na constituição do Brasil; encontra-se entre os maiores sistemas do mundo com uma cobertura acima de 53 milhões de trabalhadores. É gerida pelo Instituto Nacional de Seguro Social e em novembro de 2014 pagou 27,7 milhões benefícios, sendo que quase 20% destes benefícios corresponderam a benefícios por incapacidade laborativa. Este trabalho tem como objetivo principal verificar qual o perfil dos trabalhadores que solicitaram o auxílio doença na previdência social no ano de 2014; quais segurados tiveram os pedidos indeferidos e a quem foram concedidos. Verifica também quais as patologias mais frequentes que geraram incapacidade laborativa. Os dados foram extraídos Sistema Único de Informações de Benefícios (Suibe) do INSS. Conclui-se que o Auxílio doença em 2014 foi concedido na sua maioria aos segurados empregados, com predomínio no sexo masculino. As patologias mais frequentes são do grupo de CID S (Lesões, envenenamentos, e algumas outras consequências de causas externas), seguidas do grupo de CID M (Doenças do sistema osteoarticular e do tecido conjuntivo) e F (Transtornos mentais e comportamentais). Espera-se que esta pesquisa possa contribuir para a proposta de novas políticas públicas que diminuam o adoecimento do trabalhador.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016