INOVAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE COM FOCO NO INDIVÍDUO

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_198
Resumo: 
Os estudos de inovação geralmente são desenvolvidos no setor industrial, porém essas teorias não podem ser transferidas para o setor de serviços com a mesma eficiência, pois possuem uma dinâmica específica, necessitando, portanto, de uma abordagem diferente para o entendimento da inovação dentro dos serviços de saúde. Estudos que buscam identificar indivíduos inovadores dentro do ambiente coorporativo possibilitam a formulação de estratégias para o melhor aproveitamento destes profissionais dentro das organizações. A Análise de Redes Sociais (ARS) e o inventário Myers-Briggs Type Indicator (MBTI®) têm sido apontados como ferramentas para a identificação de indivíduos inovadores. A utilização destas ferramentas ajuda na compreensão do processo de inovação em serviços de saúde. As fontes de pesquisa para a análise bibliométrica foram as bases de dados Scopus, ISI Web of Science e SciELO.Org, nas quais foram pesquisados os temas Inovação, ARS e MBTI. O presente estudo tem por objetivo apresentar uma metodologia, que possibilite a identificação de profissionais com uma maior propensão a geração de ideias, de forma que seja possível aproveitá-los dentro da organização para a geração de inovação.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016