APLICAÇÃO DO MÉTODO SHERPA NA ANÁLISE DA CONFIABILIDADE HUMANA DA ATIVIDADE DE CALIBRAÇÃO

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_189
Resumo: 
Os Riscos De Falhas Humanas Na Interação Homem-Máquina Podem Ser Reduzidos Pela Consideração Dos Fatores Humanos No Projeto Dos Processos, Equipamentos E Demais Condições De Trabalho. Os Objetivos Da Pesquisa Resumida Neste Artigo Foram Selecionar E Aplicar Um Método Para Análise De Potenciais Falhas Humanas Em Uma Atividade De Calibração, Além De Construir Recomendações De Melhoria Nas Condições De Trabalho, Visando Ao Aumento Da Confiabilidade Humana. O Processo Escolhido Se Justifica Pela Sua Contribuição Para A Manutenção Da Operacionalidade E Segurança Dos Sistemas De Proteção Ao Vôo. A Partir De Levantamento Bibliográfico E Análise De Alternativas, O Método SHERPA (Systematic Human Error Reduction & Prediction Analysis) Foi Selecionado Pela Sua Generalidade, Bem Como Viabilidade De Aplicação Na Atividade Selecionada. A Investigação Em Campo Se Deu Através Da Observação Sistemática Da Atividade, Em Interação Constante Com Os Técnicos Responsáveis Pela Calibração, Para Compreender A Atividade Real E Identificar As Dificuldades Que Elevam As Possibilidades De Falhas. O Aplicação Do Método SHERPA Permitiu Levantar 51 Operações Que Compõem A Atividade E Identificar 111 Possibilidades De Erros, Que Foram Avaliadas Em Função De Suas Consequências, Da Existência De Mecanismos De Recuperação, Da Criticidade E Da Probabilidade De Ocorrência. A Pesquisa Traz Como Resultado Uma Reflexão Sobre As Dificuldades E Contribuições Da Aplicação Do Método SHERPA. Sob O Ponto De Vista Prático, Da Engenharia E Ergonomia, Foram Construídas Proposições De Melhorias Em Métodos, Equipamentos, Controle De Condições Ambientais Entre Outros.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016