MAPA DE RISCO PARA A SAÚDE OCUPACIONAL DE PESCADORES EM BARCOS PESQUEIROS NA CIDADE DE NITERÓI, RIO DE JANEIRO, BRASIL

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_177
Resumo: 
Os pescadores sofrem riscos e agravos à sua saúde por trabalharem em um ambiente exposto e isolado como o alto mar. Encontrar formas de protegê-los deve ser o objetivo dos empresários no setor pesqueiro. Este trabalho teve como objetivo identificar através da marcação em um mapa de risco, a especificidade das tarefas e situações que levam a efeitos geradores de acidentes ou danos à saúde de pescadores através da análise do arranjo produtivo. Para tal coletou-se dados em três embarcações pesqueiras na cidade de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, com o auxílio de um formulário para a análise da função do trabalhador e marcação em um mapa de risco. Os riscos estavam localizados no convés, porão e hélices: local escorregadio, trabalho noturno, dores na coluna, entre outros. Concluiu-se que os pescadores estavam vulneráveis a riscos em suas atividades e o mapeamento estabeleceu o perfil dos objetivos para a qualidade de vida no trabalho do pescador.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016