A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL INOVADOR BRASILEIRO FRENTE AOS DESAFIOS DA TECNOLOGIA, DO MERCADO, DA INOVAÇÃO E DA SUSTENTABILIDADE

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_389
Resumo: 
Esta pesquisa tem como objetivo traçar um conjunto de características do engenheiro civil sob a ótica do mercado, apurando qual a expectativa e perspectiva que a sociedade contemporânea tem deste profissional e concomitantemente, espera-se que os resultados contribuam para traçar um perfil do Engenheiro Civil voltado para a inovação frente aos novos e dinâmicos desafios que se apresentam na atualidade. Constitui-se, portanto, de uma pesquisa descritiva com base em revisão bibliográfica, abordando as principais escolas do mundo. De forma mais específica, este artigo faz uma abordagem sobre conceitos relativos ao mercado de trabalho de engenharia civil; ao perfil do engenheiro civil inovador e ao ensino de engenharia civil. Esse trabalho é uma releitura da bibliografia curricular que aponta para uma formação inovadora do profissional de engenharia civil, a partir da hipótese de que o profissional de engenharia civil desempenha novos papéis que traz embutida a necessidade de identificar, captar e detalhar de forma específica, as tendências prioritárias de um mercado diversificado e competitivo, onde são inúmeras e distintas as inovações tecnológicas, e gerenciais e são requeridas cada vez mais a prática e procedimentos relacionados à sustentabilidade. Esta concepção aponta para uma reformulação curricular de uma engenharia civil inovadora de formação ampla, que caracterizaria o surgimento da formação do engenheiro civil inovador.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016