A UTILIZAÇÃO DO BALANCED SCORECARD - BSC COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA DE GESTÃO: UM ESTUDO DE CASO REALIZADO EM UM FRIGORÍFICO DE PEIXES LOCALIZADO EM SORRISO-MT

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_386
Resumo: 
O mercado globalizado esta em constante evolução. Tal constância direciona as entidades a uma contínua evolução em busca da competitividade. A rivalidade que o mercado capitalista influencia a economia obrigam as empresas a refletir suas estratégias, em especial sua estratégia competitiva. Após traçadas as novas estratégias competitivas a empresa necessita que a mesma seja fielmente executada em todos os níveis da organização e para esse fim, surge as ferramentas de gestão como o Balanced Scorecard – BSC. Este estudo teve por finalidade verificar se o Balanced Scorecard –BSC pode colaborar na gestão de uma entidade, direcionando o comportamento de seus colaboradores a estratégia competitiva da organização. Para sua realização no quesito metodologia, utilizou-se uma pesquisa bibliográfica, descritiva, qualitativa e estudo de caso. A pesquisa foi realizada na maior indústria frigorífica de peixes, do Brasil, localizada no município de Sorriso, Mato Grosso, em especial no departamento de filetagem (departamento responsável em extrair o filé dos peixes), um dos produtos com maior retorno financeiro para a empresa. No decorre da pesquisa, pode ser verificado que a empresa utilizava a ferramenta Balanced Scorecard –BSC como modelo de medidor de desempenho. E com essa filosofia, a entidade construiu seu próprio medidor de desempenho, denominado Padrão Operacional - PO. Com a construção do Padrão Operacional a entidade pode verificar se o sistema produtivo esta em consonância com as expectativas traçadas em suas estratégias. Com esse estudo apontou que o Balanced Scorecard – BSC colabora com a entidade em verificar os resultados e confrontar com as metas pré-determinadas em suas estratégias, em especial na estratégia competitiva da entidade. No departamento de filetagem, com a utilização do BSC, pode-se mensurar a quantidade de filé extraído por colaborador, podendo assim comparar de acordo com o que a entidade espera, PO. Sendo assim, esse Padrão Operacional oferece informações constantes e fidedignas, direcionado o sistema produtivo para a estratégia competitiva da entidade. Essas informações são fornecidas em tempo hábil ao gestor, gerando condições que o mesmo possa analisar e tomar alguma medida instantânea. Dessa maneira podemos concluir que a utilização do BSC como ferramenta de gestão ou como filosofia empresarial é um excelente suporte ao gestor. Pois, permite verificar se a estratégia desenhada está sendo executada. Caso não esteja, há tempo para reestrutura-la, a fim de manter a lucratividade e sustentabilidade da entidade e sua estratégia competitiva.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016