A INFLUÊNCIA DE FATORES QUE PROPORCIONAM ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS: O CASO DA PRESTADORA DE SERVIÇOS NO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_334
Resumo: 
O mercado de trabalho brasileiro é caracterizado por uma forte flexibilidade contratual. O índice de rotatividade no setor de serviços apresenta taxas acima da média nacional. Esta pesquisa tem por objetivo identificar os principais fatores que contribuem para a alta rotatividade de funcionários em uma empresa privada que terceiriza serviços gerais, por meio do desenvolvimento de um modelo de instrumento de pesquisa para avaliação dos mesmos. A revisão da literatura foi construída através de um estudo sistematizado de artigos publicados na base Scopus, dando suporte à construção do modelo de instrumento de coleta de dados. Logo, destaca-se a importância de identificar tais fatores, visando a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos pela organização. O delineamento desta pesquisa cerca o universo de colaboradores que desempenham suas funções na empresa apresentada. Foi aplicado o quantitativo de 103 questionários. Como resultado, os dados coletados indicam três principais fatores que a empresa deve priorizar a fim de minimizar o índice de rotatividade: “Atitude ou comportamento negligente do funcionário”, “Mau desempenho financeiro da empresa” e “Falta de comprometimento do funcionário”.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016