GOVERNANÇA SOCIOAMBIENTAL E GESTÃO PARTICIPATIVA: UM ESTUDO DE CASO DO PLANO DE MANEJO DO PNM PRAINHA E PNM GRUMARI

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_122
Resumo: 
O caminho de construção de uma sociedade sustentável é possível por meio da governança entre atores sociais pertencentes aos seguimentos público, privado e de terceiro setor. Assim, projetos socioambientais devem envolver a ampla participação social na sua elaboração, implementação e controle. Dentro dessa premissa, este artigo teve como objetivo principal analisar a efetividade dos instrumentos de governança que foram implementados para a elaboração e aplicação do Plano de Manejo do Parque Natural Municipal Prainha e do Parque Natural Municipal de Grumari no Rio de Janeiro. A metodologia utilizada nesta pesquisa dedutiva, qualitativa e exploratória teve como instrumentos de coleta de dados a revisão de literatura e a realização de entrevistas. Os resultados da pesquisa demonstraram que houve pouca interação social e participação ativa dos atores sociais envolvidos na aplicabilidade do Plano de Manejo, o que resultou em uma atual dificuldade no alcance dos objetivos traçados no projeto de implementação do plano.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016