ENGENHARIA SUSTENTÁVEL: UM ESTUDO SOBRE A REUTILIZAÇÃO DO DIÓXIDO DE CARBONO RESIDUAL EM PROCESSOS FERMENTATIVOS

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_118
Resumo: 
Devido o cenário competitivo na atualidade, as empresas tendem otimizar seus processos, aumentando suas receitas, aproveitando ao máximo seus espaços físicos disponíveis. Uma das alternativas é reaproveitamento utilizando resíduos com forte potencial aproveitável, conduzindo as empresas desenvolver maneiras de conciliar o tripé da sustentabilidade, na sua conjuntura econômica, social e ambiental. O dióxido de carbono gerado em demasia em processos fermentativos deixaria de ser um residual problemático e se torna a matéria-prima ou insumo importante em outro processo dentro ou fora da empresa. O seguinte trabalho demonstra as vantagens econômica, sociais e financeiras que esse reaproveitamento do CO² gera para a empresa, colaborando com o cenário atual no setor de produção industrial.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016