USO DE SELOS DE CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL COMO ESTRATÉGIA COMPETITIVA NO MERCADO DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM JUIZ DE FORA/MG

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_114
Resumo: 
Este trabalho mostra a relação do uso de selos de certificação ambiental para projetos em escritórios de arquitetura em Juiz de Fora, Minas Gerais, e seu caráter competitivo no mercado da construção civil. O método utilizado é o de questionário aplicado via plataforma digitai, tentando alcançar o máximo de profissionais de projetos arquitetônicos ativos na cidade. Várias questões são respondidas por meio do questionário e de análises da realidade local, como exemplo o porquê do uso ou não de um determinado selo, qual a certificação mais usada pelos projetistas, qual influência no mercado em termos de visibilidade da empresa e ganhos financeiros, e, a partir daí se é real a hipótese do uso de selos de certificação como caráter apenas competitivo, deixando a importância da sustentabilidade de lado. Os resultados obtidos são de interesse de profissionais e empresas ligados à sustentabilidade na construção civil para o aprimoramento da implantação de recursos e fiscalização, a fim de garantir sustentabilidade como um todo. A partir das análises finais, concluímos que o mercado de Juiz de Fora ainda se comporta de forma ingênua considerando as possibilidades que o marketing ambiental oferece, que vão tanto da divulgação da empresa quanto dos benefícios ambientais, sociais e econômicos. A sustentabilidade deve ser mais explorada na gestão empresarial, beneficiando à todos, incluindo produtos e processos.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016