UMA ANÁLISE CONCEITUAL COMPARATIVA DO RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE, BALANÇO SOCIAL E RELATÓRIO SOCIAL

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_096
Resumo: 
A busca pelo comportamento socialmente responsável tornou-se o foco de muitas organizações e pesquisas. Elas perceberam que o bom desempenho de suas operações depende de um ambiente equilibrado e que o impacto de suas atividades, quando não exercidas de forma responsável, pode gerar graves danos às pessoas e ao ambiente. Relatar às partes interessadas as ações desenvolvidas nesta direção, além de influenciar positivamente em diversos aspectos, como na vantagem competitiva e na reputação, auxilia também no processo de internalização da Responsabilidade Social (RS), tornando públicos seus resultados e desafios, e seu compromisso como desenvolvimento sustentável. Com a finalidade de comunicar às partes interessadas o engajamento da organização a essas práticas, surgem na literatura os Relatórios de sustentabilidade, balanços sociais e relatórios sociais. Este estudo objetivou identificar as convergências e diferenças acerca destes conceitos. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica que identificou uma dualidade de entendimentos acerca destas ferramentas, em muitos casos vistas como sinônimos de um mesmo instrumento e em outros casos como demonstrativos de estrutura e finalidades diferentes.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016