UM ESTUDO SOBRE REDE DE EMPRESAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL BASEADO NA ANÁLISE BIBLIOGRÁFICA DA LITERATURA BRASILEIRA

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_276
Resumo: 
A cooperação é imprescindível nos processos de inovação, obtenção de tecnologia e abertura para mercados diferenciados, pois facilita o acesso a recursos, a produtos e à complementação da produção, além de reduzir os riscos do negócio. As redes, dentre outros benefícios, promovem a inovação, o ganho de escala, a redução dos riscos e o estabelecimento de vantagem competitiva. O presente artigo tem por objetivo identificar, de forma estruturada, trabalhos científicos que exploram o tema “rede de empresas na construção civil no brasil”. Para tanto, com base em critérios de busca definidos pelos autores, selecionou-se um portfólio composto por 11 de textos sobre o tema de pesquisa e, na sequência, procedeu-se a análise desses textos selecionados. A ferramenta adotada para atingir os objetivos desta pesquisa foi o proknow-c (knowledge development process-constructivist). Poucos são os pesquisadores que abordam o tema objeto de pesquisa, centralizando-se na universidade de são paulo os raros trabalhos existentes. Os textos analisados a partir do portfólio bibliográfico selecionado evidenciam que o setor da construção civil brasileira baseia-se muito mais em relações de mercado (cumprimento de prazos e de contratos) do que em relações de cooperação interfirmas. Um relevante atrativo para a constituição de redes de colaboração, apontado nos textos pesquisados, foi a redução dos custos e o aumento do valor agregado dos produtos e serviços.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016