PARQUE GRAMACHO: RESSIGNIFICAÇÃO DE UM LIXÃO

Número: 
PARQUE GRAMACHO: RESSIGNIFICAÇÃO DE UM LIXÃO
Código do trabalho: 
T16_079
Resumo: 
Esse artigo (1) apresenta o projeto (2) desenvolvido por alunos do Mestrado Profissional em Arquitetura Paisagística da instituição PROURB/FAU/UFRJ para área compreendida no bairro de Jardim Gramacho no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil. O bairro abrigou por mais de trinta anos o maior lixão da América Latina que teve seu fechamento em junho de 2012 por pressões consequentes da Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, estabelecendo o prazo para que até 2020, todos os municípios brasileiros criem a estrutura necessária para dar uma destinação final adequada a qualquer resíduo sólido em descarte. A desativação do lixão causou a perda da “principal atividade econômica do local” e o esvaziamento do bairro, (que perdeu mais de 60% de sua população, segundo a organização Teto Techo), permanecendo no bairro em sua maioria as pessoas sem vínculo empregatício ao antigo Lixão, moradores de antes da existência do Lixão e dos miseráveis que ainda vivem de vazadouros clandestinos. O lugar possui um grande potencial urbano e paisagístico embasado no ecossistema da Baía de Guanabara, do rio Sarapuí, áreas de manguezal e vegetações de várzeas. O projeto tem por objetivo trazer um novo significado para o bairro através da proposição de um parque de ca­ráter metropolitano oferecendo espaços lúdicos e socioculturais, áreas de produção que irá gerar novas atividades econômicas locais, oferecendo novas formas de tratamento dos rejeitos urbanos e proporcionando melhoria na infraestrutura existente. (1) Artigo submetido pelos autores à chamada de trabalhos do Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - IV ENANPARQ. Aceito na categoria suplente da sessão Ecologia urbana: o custo das decisões ambientais (2) Projeto desenvolvido pelos autores do artigo na disciplina “Oficina de Projeto I” do Mestrado Profissional em Arquitetura Paisagistica do PROURB/FAU/UFRJ orientados pelos professores Adriana Sansão e Victor Andrade.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016