INDICADORES DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL ADOTADOS E DIVULGADOS: UMA ANÁLISE DE CONTEÚDO DOS RELATÓRIOS ANUAIS DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE AGRONEGÓCIO LISTADAS NA BM&FBOVESPA NOS ANOS DE 2011 A 2013

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_074
Resumo: 
O presente artigo tem como objetivo O objetivo geral deste estudo é identificar e analisar a evidenciação dos indicadores de RSA adotados e divulgados nos relatórios de sustentabilidade das empresas brasileiras de agronegócio listadas na BM&FBOVESPA durante os anos de 2011 a 2013. A metodologia utilizada nesta pesquisa foi a análise de conteúdo e descritiva do tipo documental, quantitativa e qualitativa, através de um estudo dos grupos de indicadores divulgados em relatórios de sustentabilidade. Para o presente estudo, foi selecionada uma amostra três empresas (Celulose Irani, Marfrig Alimentos e Suzano Papel e Celulose) que divulgaram informações em seus relatórios de sustentabilidade e Sumário GRI. Conclui-se que os indicadores do grupo ambiental, de forma agregada, nas três empresas analisadas sofreram, quanto ao seu nível de evidenciação, uma queda de “boa” (anos de 2011 e 2012) para “regular” (ano de 2013). No que se refere ao nível de evidenciação agregada de indicadores das ações sociais, verificou-se um comportamento de classificação constante, pois se mantiveram como “boa”. A partir das análises realizadas no Grupo Ambiental e no Grupo Social, utilizaram mais informações quantitativa e qualitativa/quantitativa, nos anos de 2011 a 2013, analisados em seus Relatórios de Sustentabilidade. Portanto, os resultados das três empresas analisadas, em sua grande maioria, apresentaram um número maior de informações durante o ano de 2011, tendo um melhor resultado com aglomeração nas informações qualitativas e quantitativas.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016