DETERMINANTES DA DIVULGAÇÃO VOLUNTÁRIA DO BALANÇO SOCIAL NO BRASIL

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_063
Resumo: 
O objetivo deste estudo é identificar os fatores determinantes para divulgação voluntária do balanço social no Brasil. Foram verificadas as variáveis: preocupação com a imagem, tamanho, setor, porte da empresa de auditoria, lucratividade e Internacionalização. Para esse estudo realizou-se um referencial teórico baseado na teoria do julgamento (Verrecchia 2001), assim, a divulgação do balanço social é tida como endógeno e os incentivos que os gerentes e ou a empresa têm para divulgar a informação. A metodologia consiste em uma pesquisa quantitativa que foi realizada por meio da coleta de dados de empresas listadas na BM&FBOVESPA pertencentes a setores de atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos ambientais no período de 2008 a 2010, representadas por 145 empresas em cada ano. A metodologia econométrica baseou-se na estimação de um modelo probit aplicado aos dados em painel. Conclui-se assim que, estatisticamente, a preocupação com a imagem e empresas auditadas por Big Four tem relação positiva com a divulgação do balanço social.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016