A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA GOVERNANÇA: UM ESTUDO EM UM MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_062
Resumo: 
O setor público precisa cada vez mais estabelecer mecanismos para proporcionar uma boa governança, baseada na participação popular cada vez mais efetiva, por imposição legal ou por iniciativa própria. Assim, institucionalizar boas práticas de governança pode fazer com que estes órgãos tenham maior eficiência e contribua para o atingimento dos princípios constitucionais, proporcionando à população a possibilidade de ter acesso a órgãos públicos com uma visão coletiva e baseados na execução eficiente dos recursos. Buscando a padronização das práticas de governança, o IFAC, publicou no ano de 2001 o Estudo 13, direcionado aos órgãos públicos e com a finalidade de orientar e fortalecer os princípios da boa governança. Para compreender a governança no setor público, este estudo teve por objetivo identificação e mensuração da institucionalização das práticas de governança propostas pelo Estudo 13 do IFAC, em uma administração pública municipal. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário baseado em estudo anterior. Para tanto, foram utilizadas metodologias quantitativas, à saber análise fatorial exploratória e análise de cluster. Os resultados da análise fatorial acompanham em partes estudo anterior mas inovam ao propor uma divisão de uma das dimensões propostas. Os resultados da pesquisa demonstraram que o estudo 13, para um terço dos servidores pesquisados, está institucionalizado nas práticas municipais. Percebeu-se também que a possível falta de comunicação interna pode ser um fator dificultador da disseminação da governança, não permitindo por parte de alguns servidores a verificação efetiva da realização de algumas das práticas de governança.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016