GESTÃO DE RESÍDUOS: O CASO DAS BARRAGENS DA SAMARCO

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_085
Resumo: 
Em Novembro de 2015, a barragem de Fundão da empresa Samarco, em Mariana, MG, se rompeu, liberando cerca de 50 milhões de litros de lama, causando um impacto no ecossistema daquela região, com a morte de pessoas, animais, vegetação e poluição do Rio Doce levando lama inclusive para o mar. A Samarco é Benchmarking em Gestão de Resíduos. Este artigo procura analisar como a Samarco sendo Benchmarking em Gestão de Resíduos provocou tamanho impacto ambiental em vários estados brasileiros.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016