REFLEXÕES ACERCA DA SEXUALIDADE NA DIVISÃO DO TRABALHO DENTRO DO CONTEXTO EMPRESARIAL

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_030
Resumo: 
No contexto clássico, a dicotomia público-privado estabelece uma divisão entre o interesse público do Estado, a intervenção em assuntos de caráter nacional e a regulação da sociedade, de um lado, e a liberdade de associação, de locomoção e a autonomia da vontade, de outro. Contudo, no contexto interpessoal, incluindo dentro das sociedades empresárias, reafirmar essa dicotomia clássica é, muitas vezes, reafirmar práticas patriarcais de dominação, controle e submissão no contexto do gênero e da sexualidade. Por isso, pretende-se demonstrar neste trabalho o quanto certas práticas usuais do cotidiano empresarial continuam a refletir uma divisão do trabalho entre os sexos, acabando por segregar ainda mais as pessoas no local de trabalho. Ao final, o objetivo estará na proposição de novas abordagens dentro do contexto interpessoal empresarial a fim de que atividades e ocupações antes vistas como comuns e naturais sejam questionadas em prol de uma divisão do trabalho igualitária e que não perpetue a divisão doméstica-não doméstica do gênero e sexualidade.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016