ESPAÇOS NULOS E MUROS SIMBÓLICOS: UMA REFLEXÃO SOBRE AS ÁREAS VERDES URBANAS e AREAS LIVRES, EM BAIRROS PERIFÉRICOS E TOPOS DE MORRO EM COMUNIDADES DE FAVELA EM NITERÓI RJ

Número: 
XII CNEG & III INOVARSE 2016
Código do trabalho: 
T16_026
Resumo: 
Como parte de um projeto que visa criar estratégias para o desenvolvimento das áreas protegidas da Região Norte da cidade de Niterói no âmbito da revisão do plano diretor municipal e das propostas consolidadas nos ciclos de Conferências municipais da cidade, foram realizadas visitas e avaliação da situação atual de quatro setores do Sistema Municipal de Áreas de Proteção Ambiental (SIMAPA) que é subdividido em doze áreas: Morro do Holofote, Teixeira de Freitas, Morro do Castro, Boa Esperança, Florália, Morro do Céu – Queresone I, Morro da Rádio Relógio Federal, Morros do Saraiva – São Feliciano, Morro do Querosene II, Morro da Boa Vista, Ilha do Manuel João, Setor Leste – Santa Bárbara. Foram observados alguns indicadores para avaliar a situação dos espaços naturais de uso público para proposição futura de parques naturais urbanos.
Congresso: 
XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE 2016