A ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS (DEA – DATA ENVELOPMENT ANALYSIS) COMO FERRAMENTA DE AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DAS MPES DA CADEIA PRODUTIVA DO PETRÓLEO E GÁS DO RN

Código do trabalho: 
T_15_596
Resumo: 
Este artigo busca contribuir com os estudos sobre gestão na indústria do petróleo e gás no sentido de apresentar um modelo matemático, com uso da ferramenta Data Envelopment Analysis (DEA), para avaliar a eficiência relativa de unidades produtivas na engenharia do petróleo, sendo uma metodologia eficiente que auxilia no planejamento e tomada de decisão. Este trabalho quantifica o número de publicações ao longo dos períodos e busca identificar as áreas de desenvolvimento de pesquisas utilizando DEA na engenharia do petróleo e caracterizar a situação no Brasil. Um dos principais objetivos é evidenciar a eficiência ou ineficiência verificadas a partir do confronto de variáveis (inputs/outputs). A metodologia DEA teve início nos trabalhos desenvolvidos por Charnes, Cooper e Rhodes, em 1978, que teve como base o trabalho de Farrel (1957). A evolução da modelagem DEA, tanto em seus aspectos teóricos quanto em suas aplicações podem ser comprovadas pela grande quantidade de artigos publicados. Porém, na engenharia do petróleo, a produção ainda é insipiente.