A GESTÃO DO CONHECIMENTO COMO ESTRATÉGIA NA FORMAÇÃO DE COMPETÊNCIAS PARA OS PROFISSIONAIS DO TURISMO

Código do trabalho: 
T14_0027
Resumo: 
A Gestão do Conhecimento, objeto deste estudo baseia-se em um trabalho direcionado ao desenvolvimento de pessoas, de forma que se tornem qualificadas em suas áreas de atuação. Tendo em vista os jogos esportivos a serem executados entre 2014 a 2016 no Brasil e a necessidade estratégica de qualificar pessoas tornando-as capacitadas, ao setor de turismo, este artigo visa responder quais são as competências acerca da Gestão do Conhecimento necessárias para o bom desempenho profissional no setor turístico? Acredita-se que no setor turístico algumas competências se evidenciam para o bom resultado das atividades empreendidas e que devem ser desenvolvidas nos profissionais da área, tais como capacidade de comunicação, ética, bom relacionamento interpessoal e capacidade para planejar e executar eventos. O objetivo geral deste estudo consiste em identificar junto a Gestão do Conhecimento as competências fundamentais à formação do profissional adequado as demandas do turismo. Metodologicamente adotou-se a revisão bibliográfica, seguida de uma pesquisa qualitativa através da releitura de estudo de caso pré-existente (CRESWELL, 2007) encontrado no Google acadêmico, por meio do recorte do relato de caso do IH - Instituto de Hospitalidade. Concluiu-se que os benefícios da aplicação da Gestão do Conhecimento nesse segmento são diversos: vantagem competitiva em correlação à concorrência, aumento do valor no serviço oferecido referente à qualidade dos produtos e dos serviços aos clientes, melhoria na coordenação de equipes, maximização do capital intelectual/ativos, aperfeiçoamento dos procedimentos internos, maior fluxo nas operações realizadas e auxílio nos processos de tomada de decisões de forma mais eficientes e rápidas.