A ATIVIDADE DE RELAÇÕES PÚBLICAS COMO FERRAMENTA PARA A GESTÂO DO CONHECIMENTO NO CEFET/RJ: UM ESTUDO DE CASO

Código do trabalho: 
T14_0010
Resumo: 
A presente pesquisa investiga o modo como o conhecimento é socializado no ambiente do Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET/RJ, a partir da análise dos fluxos de informação e conhecimento produzidos pelo público interno (docentes e administrativos) da instituição. Para isso vai buscar contribuições teóricas em Nonaka e Takeuchi (1997 e 2008), que propõem mecanismos de conversão e compartilhamento capazes de gerar novos conhecimentos e em Weick (1995), que introduz o conceito de sensemaking organizacional nas relações do público com o seu ambiente. É feito um estudo exploratório, envolvendo 16 docentes e 27 administrativos, onde buscou-se fazer vir a tona questões relevantes não apenas da relação do público com a instituição mas também dos públicos entre si, particularmente da relação entre docentes e administrativos. Os resultados apontam para as diferentes perspectivas dos diversos segmentos profissionais e como as políticas de comunicação e gestão estratégica da instituição têm mais reforçado do que mitigado essas dificuldades. Por isso, é proposto ao final um conjunto de instrumentos que podem subsidiar uma futura revisão das referidas políticas, destacando o papel a ser desempenhado neste contexto pelos profissionais de relações públicas.