ESTUDO DE CASO EM UMA COMPANHIA PÚBLICA DE LIMPEZA URBANA, BUSCANDO MINIMIZAR OS CUSTOS POR MEIO DO SISTEMA DE RATEIO CIF

Código do trabalho: 
T10_0234_1457
Resumo: 
No Brasil, o governo federal tem se mostrado como um dos principais indutores no processo de desenvolvimento de ciência, tecnologia e inovação (C,T) no país, aplicando grande soma de recursos financeiros, por meio de órgãos públicos como a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), à atividades que objetivam potencializar o conhecimento científico, tecnológico e inovativo do país. Além disso, a estratégia política de desenvolvimento adotada pelo Governo Federal foi em larga medida dirigida às universidades públicas. Com base nestes argumentos foi realizada uma pesquisa visando identificar e caracterizar as principais dificuldades na execução dos projetos financiados pela FINEP, precisamente aqueles executados por universidades e institutos de pesquisa contratados entre 2004 e 2006. O plano amostral probabilístico utilizado para a seleção dos projetos serviu de base para a análise estatística das quinze dificuldades destacadas como as mais prejudiciais ao desenvolvimento dos projetos. Neste artigo são apresentados os resultados obtidos com a referida pesquisa. Estes revelam que o principal entrave se localiza na esfera da Administração Pública em função da excessiva burocracia que emperra o desenvolvimento das atividades concernentes à execução dos projetos. Outra barreira ao desenvolvimento dos projetos, segundo os resultados, está relacionada às operações de gerenciamento dos mesmos dentro da esfera Acadêmica. De acordo com a análise dos resultados explicitados neste trabalho, mudanças no âmbito da esfera da Administração Pública e da esfera Acadêmica devem ser implementadas de modo que os obstáculos possam ser suplantados e consequentemente um novo cenário nacional se construa, proporcionando o ambiente ideal para que o Brasil alcance o tão almejado sucesso no desenvolvimento científico e tecnológico.