PERCEPÇÃO DOS SERVIÇOS GERADOS PELA CONTABILIDADE EM ENTIDADES NORDESTINAS DE UTILIDADE PÚBLICA FEDERAL

Número: 
3038
Código do trabalho: 
T12_0471_3038
Resumo: 
Este artigo aborda a percepção dos gestores de entidades, detentoras de declaração de utilidade pública federal, localizadas no Nordeste brasileiro, relativo aos serviços gerados pela contabilidade. Inicialmente, foi realizado um levantamento no sítio do Ministério da Justiça, visando identificar quantas instituições no Nordeste possuem o título de utilidade pública federal. A pesquisa revelou a existência de 1.518 (Um mil quinhentos e dezoito) entidades, adotando como referência: outubro de 2011. Desta totalidade, somente 52 (cinquenta e duas) disponibilizaram suas prestações de contas, referentes ao exercício 2009, no sítio do Ministério público, no link cidadania. Em seguida, foi realizada uma pesquisa de opinião com os gestores de 35 (trinta e cinco) das 52 (cinquenta e duas) instituições, através de um questionário. Dentre as descobertas da investigação, verificou-se que 24 entidades possuem contabilidade interna. Conforme levantamento, os entrevistados informaram que os financiadores são bastante exigentes, principalmente o Governo. Constata-se que prestação de contas é o melhor serviço contábil, tomando como base, a relação dos prestados pela contabilidade para utilização dos usuários externos. Já a elaboração do orçamento para projetos foi o serviço mais bem avaliado, caso comparado com a utilização do mesmo para fins de controle.
Abstract: 
This article deals with the perception of managers regarding the accounting services delivered in organizations which hold a declaration of federal public utility situated in Northeast Brazil. Initially, a survey was performed at the site of the Ministry of Justice to list the institutions, in the Northeast, which possess the title of Federal Public Utility. The survey revealed the existence of 1,518 (one thousand, five hundred and eighteen) institutions with the month of October, 2011, as the base date. Of this total of public utility institutions, only 52 (fifty two) published their Balance Sheets for the year 2009, which were made available on the site of the Public Ministry, at the citizenship link. Next, the opinion on the quality of accounting services by the managers of these 52 institutions was researched, by means of a questionnaire, but only 35 responded. One of the finding of this research revealed that only 24 of the institutions possessed internal accounting services. The respondents informed that investors are very exigent, especially with regard to the Government. The research also shows that the Balance Sheets were the accounting service best evaluated for external users. The elaboration of the Project Budget was better evaluated for investment purposes rather than for control utilization.