FATORES CRÍTICOS DA GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS NA ENGENHARIA SIMULTÂNEA: UM ESTUDO DE CASO EM OBRA DE INFRAESTRUTURA URBANA

Número: 
3017
Código do trabalho: 
T12_0454_3017
Resumo: 
A nova realidade na economia brasileira nos impõe uma necessidade de crescimento rápido visando sanar os principais problemas de infaestrutura do país. Nesse contexto, novas modalidades de contratações foram criadas, dentre elas o EPC (Engineering, Procurement, Construction) que tem como objetivo principal unir as três partes do empreendimento em apenas um grupo, facilitando e agilizando o desenvolvimento do mesmo. No entanto, os prazos exíguos para desenvolvimento do empreendimento fez com que os empreendedores buscassem formas de otimizar o mesmo adotando assim a prática da engenharia simultânea, onde os projetos executivos são desenvolvidos em paralelo ou com pouca defasagem da fase de construção. Esse trabalho tem como objetivo o desenvolvimento de um modelo analítico de identificação dos fatores-críticos de gestão do processo de projetos na Engenharia Simultânea, estabelecendo como base as boas práticas de gestão de projeto e levando em consideração as nove áreas de conhecimento do PMI, integração, escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos, comunicação, risco e aquisições conforme apresentado na revisão bibliográfica. A idéia central foi entender os fatores de desempenho, criar um modelo analítico e testá-lo em um projeto específico de Engenharia Simultânea de infraestrutura urbana no subsistema viário. Ao ser medido o quanto cada fator impacta o processo de projetos e seu respectivo desempenho na Engenharia Simultânea, verificou-se os três fatores mais críticos no projeto estudados sendo aqueles que, comparando a importância com o desempenho, mais afetam o resultado do projeto como críticos. São fatores-críticos o custo, a comunicação e o risco do projeto. Respectivamente, esses fatores referem-se ao quão aderente é o processo de projetos de Engenharia Simultânea ao seu orçamento e seus custos estimados, ao quanto o fator comunicação garantiu a geração, coleta, distribuição, armazenamento, recuperação e destinação final das informações sobre o projeto, e, finalmente quanto o processo de projeto poderia obter resultados melhores se tivessem seus riscos mapeados considerando seu possível impacto, urgência e probabilidade de ocorrência, dando ciência às partes interessadas no projeto quanto à existência de cada risco de execução dentro dos prazos, recursos e indicadores estabelecidos. Os fatores críticos compõem os aspectos prioritários a serem sanados para o sucesso da gestão do processo de projetos com Engenharia Simultânea. A aplicação em um estudo de caso evidenciou que este modelo poderá ser utilizado em outros projetos similares.Finalmente, pode-se observar que o sucesso de um projeto com a utilização da Engenharia Simultânea dependerá do nível de integração de seus fatores, logo, não existe fator que trabalhe de forma isolada dos demais. A comunicação e integração entre a projetista e a construtora é fundamental para o sucesso do empreendimento. Mapear e aprender com os fatores críticos de desempenho é fundamental para garantir sucesso em projetos futuros.
Abstract: 
The new reality in the Brazilian economy imposes a need for rapid growth in order to remedy major problems with infrastructure. In this context, new ways to contract the projects were created, among them the EPC (Engineering, Procurement, Construction) which aims to unite the three main parts of the enterprise in a single group, facilitating and speeding up its development. However, the tight deadlines to develop the project meant that entrepreneurs seek ways to optimize the same way by adopting the practice of concurrent engineering, where the executive projects are developed in parallel or with small lag to construction phase. This work aims to develop an analytical model to identify the critical factors to manage design process in Concurrent Engineering, established based on the best practices of project management and taking into account the nine knowledge areas of PMI, integration , scope, time, cost, quality, human resources, communications, risk and procurement as presented in the literature review. The idea was to understand the performance factors, create an analytical model and test it on a specific project of Concurrent Engineering of urban infrastructure subsystem road. When measuring how much each factor impacts the design process and their respective performance in Concurrent Engineering, there are the three most critical factors in the project and those who studied, comparing the importance to the performance, most affect the outcome of the project as critical . Are critical factors-cost, communication and project risk. Respectively, these factors refer to how adherent is the process of simultaneous engineering projects to your budget and estimated costs, as the communication factor ensured the generation, collection, distribution, storage, retrieval and disposal of project information , and finally as the design process could get better results if they had mapped their risks considering its possible impact, urgency and likelihood of occurrence, informing stakeholders in the project as to the existence of each execution risk on time, resources and established indicators. The critical factors make up the priority issues to be resolved for successful management of the projects with Concurrent Engineering. The application in a case study showed that this model can be used in other projects similares.Finalmente, one can observe that the success of a project with the use of Concurrent Engineering will depend on the level of integration of its factors, so there factor that works in isolation from the rest. Communication and integration between the designer and builder is critical to the success of the enterprise. Mapping and learn the critical factors of performance is critical to ensure success in future projects.