GESTÃO DE RISCOS PARA AS ATIVIDADES DE COMISSIONAMENTO NOS EMPREENDIMENTOS

Número: 
2766
Código do trabalho: 
T12_0489_2766
Resumo: 
O segmento downstream é composto pelas atividades de transporte, armazenamento e refino, onde é feita a transformação, ou seja, o petróleo é transformado em derivados, que possuem diversas finalidades e aplicações. Os processos de refino utilizam diversos equipamentos, produtos, insumos e a necessidade de mão de obra especializada, para a realização das diversas atividades. Os derivados obtidos têm de atender aos padrões de qualidade contratuais e legais, bem como atender a legislação trabalhista e ambiental. A natureza deste negócio é perigosa, todavia os riscos têm de ser mantidos em níveis que garantam a integridade física das pessoas, equipamentos e a preservação do meio ambiente. Esse fato é conseguido quando os equipamentos são operados dentro das suas características e capacidades de projeto, os procedimentos são cumpridos e a mão de obra é qualificada para o exercício das tarefas. Durante o processo de modernização do parque de refino, há um aumento do risco do sistema, em função das diversas atividades previstas nos serviços de construção e montagem. Todavia o risco é novamente maximizado durante o processo de comissionamento, principalmente, quando da entrada de hidrocarbonetos e outras energias, que são utilizadas, nessas atividades. Este cenário evidencia a necessidade uma metodologia sistematizada, identifique os riscos relativos a processo e ocupacionais, analise e proponha as salvaguardas necessárias, que permitam a execução do comisionamento, bem a plena operação da unidade de processamento.
Abstract: 
The downstream segment is composed of the activities of transport, storage and refining, where processing is performed, ie the oil is processed into products, which have different purposes and applications. The refinery processes use different equipment, products, supplies and the need for skilled labor, to carry out various activities. The derivatives obtained must meet the quality standards and legal contract, as well as meet labor and environmental legislation. The nature of this business is dangerous, but the risks must be kept at levels that ensure the physical integrity of persons, equipment and environmental conservation. This fact is achieved when the equipment is operated within its design capabilities and characteristics, the procedures are completed and the workforce is qualified to carry out tasks. During the process of modernizing the refining park, there is an increased risk of the system, depending on the various activities planned in the construction and assembly services. Yet again the risk is maximized during the commissioning process, especially when the entry of oil and other energy sources, which are used in these activities. This scenario highlights the need for a systematic methodology, identify the risks related to occupational and process, analyze and propose the necessary safeguards, allowing the implementation of comisionamento and the full operation of the processing unit.